Viagem para Itália

Nação falante, festeira, elegante. Todo mundo sabe que a Itália carrega essas características de berço. Porém, a “terra da bota” tem predicados ainda maiores que vislumbra muitos turistas.

Conheça

Ser independente é escrever sua própria história.

Durante séculos a Itália atraiu pessoas que buscavam cultura e aventura. Poucos países podem competir com suas origens clássicas e suas tradições musicais, literária, arquitetônica e artística – ou com os prazeres de sua mesa. Após a segunda Guerra Mundial, o país transformou-se numa das dez maiores economias do mundo, mas conserva costumes e tradições, bem como a herança rural.

Na Itália não há uma cultura única. Entre os picos nevados do Alpes e as acidentadas praias de Sicília existe uma séries de regiões, cada uma com dialeto, arquitetura e culinária próprios.

O contraste sócio econômico salta os olhos, "dividindo" a Itália em duas: o norte, industrializado e rico, e o sul, agrícola e mais pobre, chamado de ll Mezzogiorno (o meio-dia).


Aeroporto: Aeroporto Internacional de Roma (FCO)

Capital: ROMA

Moeda: Euro

Idioma: Italiano

Visto: Brasileiros não necessitam de visto, no entanto é preciso fazer seguro de viagem com cobertura de 30 mil Euros.

Vacinas: Nenhuma vacina é obrigatória

Código do telefone: 39

Eletricidade : 220V 

Fuso horário: 05 horas a mais que Brasília

Melhor época para visitar: Todo ano, mais lembre-se, a Itália é um dos destinos mais visitados do mundo, de março a outubro geralmente fica bem lotada, convém comprar o pacote com bastante antecedência.

Basílica de São Pedro

Mais importante santuário católico, esta basílica com incrustações de mármore atrai peregrinos e turistas de todo mundo.

Piazza Navona

A praça barroca mais espetacular de Roma segue o desenho de um estádio romano do século I, erguido por Domiciano e usado para competições atléticas, corridas de brigas e outros esportes.

Villa Giullia

Villa Giullia foi construída como refúgio campestre para o papa Júlio III. Atualmente abriga uma coleção mundialmente famosa de peças de escavação etruscas e pré-romanas. Essa linda mansão é obra dos arquitetos Vasari e Vignola, e do escultor Ammannati. Michelângelo também contribui.

Museus do Vaticano

Durante séculos o mecenato papal ajudou a compor uma das maiores coleções de arte clássica e renascentista do mundo. O Vaticano abriga vários os grandes achados arqueológicos do centro da Itália, como o Laocoonte e o Apolo do belvedere. Os museus ocupam palácios originalmente erguidos para os ricos papas do Renascimento, como Inocêncio VIII, Sisto IV Júlio II. Algumas partes dessas construções exibem magníficos afrescos criados pelos maiores pintores da época.

Il Tamburello di Pulcinella

A família proprietária desse restaurantezinho de bairro romano ama o que faz e, por isso, você terá uma experiência única e inesquecível ali. Eles adoram conversar com os fregueses e fazem de tudo para que você aproveite ao máximo a refeição, oferecendo aperitivos de cortesia e preparando pratos com esmero. O foco dali é o tamburello, uma sopa que eles mesmos inventaram que é servida sobre uma casca de massa de pizza. Essa mesma massa dá origem às redondas, que são muito bem recheadas. De sobremesa, não dispense o tiramisu, os profiteroles ou o fantástico cheesecake de pêssego – tudo muito bom!

Il Principe dei Navigli

A sofisticada Milão está muito bem representada por seus restaurantes, alguns dos mais saborosos, seletos e exclusivos do mundo. Dentre eles, está o Il Principe dei Navigli, que tem um ambiente sofisticado – com direito a uma estupenda vista para o canal de Traghetti Gaggiano-Milano. Seu foco é obviamente o prato-símbolo da segunda maior cidade italiana, a coteletta milanese, que é uma carne empanada bem crocante e fininha. De comer rezando! Outro destaque são suas sobremesas, como o macio e fofinho panetone.

All’Improvviso

Aproveite que você está na Itália e treine seu italiano com o dono dessa casa de Turim, extremamente simpático e solícito. Ali, há muitos produtos diferentes para você matar a sua fome entre um passeio e outro, sem gastar muito dinheiro ou tempo. Há fogazzas, panini (aqueles sanduichinhos prensados, fabulosos e recheados com diversos ingredientes), bolinhos, cervejas artesanais... também tem doces recheados de creme de Nutella, uma perdição!

Caseificio Marigliano

Na terceira maior cidade da Itália, Nápoles, que tal você deixar um pouco de lado a pressa e curtir produtos 100% italianos, feitos de forma artesanal e repletos de sabor? Pois é, essa é a proposta dessa delicatessen – trata-se de um lugar em que você é recebido pelo dono e pode provar queijos caseiros, presuntos, salames, mortadelas... a mussarela de búfala gigante, por exemplo, surpreende pela maciez e pela textura aveludada. Também há bons panini nessa casa.

Bacareto Da Lele

Em Veneza, caso você queira comer algo mais informal, o seu lugar é o Bacareto Da Lele, um restaurante minúsculo que, nos horários de maior movimento, fica lotado e tem até filas quilométricas em sua porta. O motivo são os sanduíches feitos com pão italiano, que custam um mero euro. Dentre as versões, há a de bife, molho e cebola, bem temperado e repleto de sabor e aromas. Também há taças de vinho baratíssimas (60 centavos) e drinks e cervejas fabulosas.

La Botticella

Trata-se de um pub à moda italiana. Enquanto os demais pubs do mundo focam em cervejas (preferencialmente as irlandesas, como a Guinness), o La Botticella tem como destaque o fato de contar com uma enorme variedade de vinhos – tudo para que você se delicie e saboreie uma das bebidas-símbolo da Itália. Sua decoração também é show, com direito a uma fachada de pedra rústica e a inúmeros objetos que fazem referência aos esportes, havendo até uma figura de Jesus com um capacete de hóquei no gelo.

La Chiesetta

Esse bar de Milão fica dentro de uma igreja antiga, o que mostra o quão a vida noturna na Itália é eclética e vibrante. Seu ambiente, à luz de velas, conta com inúmeros objetos sagrados e religiosos e também com fotografias diferentonas. Ao longo de suas noites, rola muita música ao vivo, bem como também dá para experimentar drinks sensacionais, a preços que não pesam no bolso dos turistas.

Venice Jazz Club

Em Veneza, não deixe de curtir suas noites com música da mais alta qualidade. No Venice Jazz Club, isso é possível graças a shows muito talentosos e eficientes de jazz, que abrangem desde as canções mais clássicas até as mais novas e alternativas. O legal é que as mesas ficam bem próximas do palco, criando um clima de conexão entre o artista e o público muito especial e único.

Miami Ballroom

Essa boate de Nápoles encanta já pela decoração. Apesar de toda branca, ela tem jogos de luz colorida que dão uma vida especial e um toque psicodélico ao lugar. Ali o foco, devido ao seu apego jovial e despojado, é música eletrônica e os mais recentes hits do pop internacional e italiano, sendo reproduzidos por DJs muito talentosos e animando a galera até altas horas da noite.

Bobo’s Cocktails Bar

Localizado em Turim, esse bar é para aqueles que querem curtir a noite em sua viagem para a Itália com muita animação e estilo. Afinal, ali o foco são os drinks e os coquetéis de altíssima qualidade, feitos pelo próprio dono, que também é bartender. Experimente as bebidas sem medo, já que cada uma é repleta de sabor e inventividade.

Mais detalhes sobre o destino

Moeda oficial Euro

Língua oficial Italiano

Pacotes para Itália

Atendimento Personalizado

Quer realizar a viagem de sua vida? Preencha o formulário abaixo e tire todas suas dúvidas com um de nossos consultores!