Viagem para Índia

A maior república democrática do mundo é também um dos lugares mais contrastantes entre todas as nações do planeta. Culturas diversificadas e belezas estonteantes marcam positivamente a Índia.

Conheça

Desde sempre o homem se encantou pela Índia. Historicamente, esse país asiático, localizado numa posição estratégica entre o extremo-leste do mundo e o Oriente Médio, tem encantado civilizações e povos por suas riquezas naturais e por sua cultura ímpar. Não à toa, muitos europeus já ambicionaram conquistar a Índia e trazer dali suas únicas especiarias e suas iguarias de tirar o fôlego, aventurando-se pelos mares para fazer o chamado “Caminho das Índias”.

E tamanho encantamento tem sentido: em uma área de pouco mais de 3,2 milhões de quilômetros quadrados e com um litoral de 7.517 quilômetros de extensão, a Índia tem uma das maiores biodiversidades do mundo, marcada por pântanos, mangues, flores tropicais e bosques. Animais exuberantes, como o tigre-de-bengala, o pavão-indiano, o elefante-asiático e o leão-asiático, são oriundos da Índia, bem como ingredientes hoje amplamente utilizados pela culinária mundial, como os chás e a canela. Já em termos culturais, a Índia é e sempre foi um país multiétnico, sendo amplamente reconhecido pelo encontro entre múltiplas religiões e crenças. Templos hindus dividem espaço com obras-primas da arquitetura islâmica, caso do emblemático Taj Mahal (o maior mausoléu do mundo), enquanto que as grandes cidades preservam a herança cristã do Império Britânico, que a colonizou do século XIX ao XX.

Por isso, fazer a “rota das Índias” nos dias atuais é descobrir por que o homem sempre foi apaixonado por esse lugar tão particular e único do mundo. Numa mistura entre natureza e misticismo, biodiversidade e religiosidade, encantamento e fascinação, fazer uma viagem para a Índia é viajar para o próprio sentido da vida. A vida é isso: beleza em primeiro lugar, logo quem viaja para lá é marcado de tal forma que entenderá por que viver é tão bom.


Aeroporto: Aeroporto Internacional Indira Gandhi (DEL).

Capital: Nova Délhi.

Moeda: Rupia indiana.

Idioma: Hindi e inglês.

Visto: É necessário.

Vacinas: Nenhuma vacina é obrigatória, mas a de febre amarela é aconselhável.

Código do telefone: 91.

Eletricidade: 240V.

Fuso horário: 8 horas e meia a mais que o horário de Brasília.

Melhor época para visitar: Entre novembro e abril.

Taj Mahal

Sem dúvidas o ponto turístico emblemático da Índia é o Taj Mahal, uma imensa estrutura construída no século XVII para ser o mausoléu de Mumtaz Mahal, a mulher amada do imperador mogol Shah Jahan. Um símbolo mundo afora do amor, o Taj Mahal é conhecido também por sua grandiosa beleza: feito de mármore branco, ele tem linhas simétricas, altíssimos minaretes e incríveis detalhes e enfeites, bem típicos do mundo islâmico. Além disso, vale dar uma passada pelos seus jardins e descobrir por que ele é uma das sete maravilhas do mundo moderno.

Túmulo de Humayun

Outro mausoléu impressionante da Índia é esse túmulo localizado em Nova Délhi, que, apesar de não tão famoso quanto o primo de Agra, também é uma majestosa estrutura e é considerado patrimônio da humanidade pela UNESCO. Do século XVI, ele foi mandado construir pela viúva do segundo imperador mogol, Humayun. Ao contrário do Taj Mahal, ele é cheio de cor, tendo uma inconfundível e única fachada vermelha que encanta turistas dos quatro cantos do mundo.

Jaipur

Agora, se você quer curtir a autêntica arquitetura hindu, o lugar ideal para você conhecer na Índia é a décima maior cidade do país, Jaipur. Localizada no estado do Rajastão, na região norte, a cidade tem fantásticos templos e palácios, datados do século XVIII e que encantam pelas cores e pela vida de suas fachadas. Um dos monumentos mais emblemáticos de Jaipur é o Jantar Mantar, uma coleção de 90 instrumentos astronômicos que se baseiam na astronomia sânscrita. Além disso, há o Hawa Mahal, o Palácio dos Ventos, com sua parede toda de relevo.

Shri Mata Vaishno Devi

A espiritualidade na Índia é tão forte que você precisa conhecer esse templo incrível, localizado numa caverna do extremo-norte do país, perto da fronteira com o Paquistão. Esse santuário é dedicado a Vaishno Devi, uma manifestação da deusa hindu Lakshmi, que é conhecida como a deusa da prosperidade, da fortuna e da bonança. Milhões de devotos atingem esse local religioso, que está a uma altitude de 1584 metros, sendo acessado apenas por uma trilha de 12 km. O interessante do templo é que há formações rochosas sagradas pelo hinduísmo.

Sundarbans

Trata-se do maior mangue halófita do mundo, formando-se no delta dos rios Ganges, Bramaputra e Meghna, na fronteira da Índia com o Bangladesh. Patrimônio da Humanidade pela UNESCO desde 1992, essa região é um imperdível destino natural da Índia, em virtude de suas reservas de fauna e flora típica, caso do tigre de bengala, do icônico reso (um macaco branco) e do chital (um primo distante dos alces e veados).

Bukhara

Como todo indiano, você terá que dispensar os garfos e comer as refeições com as mãos nesse restaurante classudo de Nova Délhi. Da cozinha envidraçada, saem opções clássicas, porém sofisticadas, como carneiro cozido, pão frito indiano, famosas, o delicioso pão de queijo, frango e lentilhas apimentadas. O preço é salgado, mas vale a experiência, única e muito agradável. Recomenda-se reservar.

Shree Thaker Bhojanalay

A comida indiana é sinônimo de culinária vegetariana, não é mesmo? Então, em Mumbai, conheça esse restaurante, que fica num casarão antigo e serve deliciosas opções sem produtos de origem animal. É um banquete que é servido ali – por isso, não se preocupe, você não terá que desvendar os nomes estranhos da Índia. E o melhor, você pode repetir o quanto quiser. Todos os produtos são feitos de forma funcional, pensando na saúde do corpo e da mente.

Bar-B-Q

Super tradicional em Calcutá, esse restaurante serve tanto opções chinesas quanto indianas. Por isso, não se surpreenda se você encontrar, além do delicioso pão típico, cozido de porco com brócolis e macarrão de arroz. Há ainda sopas e caldos, especialmente reconfortantes, para quem adora os temperos e aromas da culinária oriental.

Karavalli

Já em Bangalore, esse restaurante classudo e sofisticado tem como forte os maravilhosos (maravilhosos de verdade!) curries. Para quem não sabe, curry é uma mistura de especiarias típica do sudeste asiático. Experimente, por exemplo, o curry de camarões, que pode ser servido com arroz fresquinho basmati. Há ainda as lentilhas amarelas, deliciosas. Não deixe de pedir um drink para acompanhar os pratos.

Annalakshmi Restaurant

A decoração desse restaurante de Chennai já surpreende pelas cores e pela mistura de objetos tipicamente indianos. Há estátuas, altares dedicados aos deuses e lindos quadros hindus. O cardápio é focado em comida típica, por isso não se surpreenda com o tempero e a pimenta dos pratos. Converse com o garçom e peça versões mais suaves, caso você não curta nada muito forte.

Dharohar

Esse clube, localizado no estado indiano do Rajastão, é voltado aos turistas que querem conhecer um pouco das danças típicas locais. Trata-se de um show feito por uma trupe muito talentosa e competente, que mistura humor, lindos movimentos, músicas incríveis e um figurino para lá de exótico para trazer os turistas para mais perto da cultura indiana.

Sheroes Hangout

Trata-se de uma experiência COMPLETAMENTE DIFERENTE de qualquer outro bar ou point da vida noturna mundo afora. Esse estabelecimento, comandado e administrado por duas mulheres que foram vítimas do ataque de ácidos (uma prática comum na Índia) e tiveram seus rostos deformados, é um local para as pessoas refletirem a respeito da realidade indiana e encorajarem a mudança desse triste cenário. Ao mesmo tempo, há deliciosas bebidas e comidas para você se divertir também.

Kitty Su Nightclub

Se você quer dançar e se divertir, esse é o seu lugar na Índia! Localizado em Nova Délhi, o Kitty Su é uma boate única e animadíssima que encanta pela pista gigantesca e pelo DJ muito enérgico, que reproduz hits atuais do repertório internacional e clássicos da dance music. As bebidas também são de-li-ci-o-sas!

The Comedy Store

Se você é fã de comédia e principalmente de stand-up, esse clube é a opção perfeita para você passar suas noites acordado em Mumbai. Ali os shows são em inglês – mas com o sotaque indiano, por isso fique atento para não perder a piada. Os humoristas são todos locais, atraindo moradores à procura de uma boa diversão.

21 Fahrenheit Icelounge

Esse icebar fica numa das cidades mais quentes do mundo – a tropical Mumbai. Mas e daí? A diversão é garantida com uma experiência nada convencional, em que você se aventura por espaços congelados, a inúmeros graus abaixo de zero. Basta pegar um dos casacos que eles disponibilizam na entrada e curtir.

Mais detalhes sobre o destino

Moeda oficial Rupia indiana

Língua oficial Hindi e inglês

Pacotes para Índia

Atendimento Personalizado

Quer realizar a viagem de sua vida? Preencha o formulário abaixo e tire todas suas dúvidas com um de nossos consultores!