Viagem para Letônia

A calma de uma boa canção pode ser escutada em vários lugares ao redor do mundo, mas poucos oferecem uma essência tão grande nesse quesito como a Letônia, uma nação harmônica e tranquila.

Saiba mais

Conheça

Muitos talvez desconheçam a Letônia. Trata-se de um pequeno país localizado no nordeste europeu, na região dos Países Bálticos. Sua área mal ultrapassa os 64 mil quilômetros quadrados, pouco mais que o estado brasileiro da Paraíba, enquanto que sua população chega apenas a 1,9 milhão de habitantes – pouco mais que a quantidade de habitantes em Vitória. No entanto, é nos pequenos frascos que se escondem os grandes perfumes e, de fato, a Letônia é um país encantador, com uma mistura entre o novo e o moderno capaz de fascinar qualquer turista em suas aventuras pela Europa setentrional.

A Letônia é um país que consegue e sempre conseguiu preservar sua identidade cultural, apesar de qualquer problema. Afinal de contas, trata-se de um país que só conseguiu ser independente agora há pouco, com a dissolução da União Soviética na década de 90. Antes, muitos foram os controladores da Letônia, como os alemães medievais, os poloneses, os lituanos, os russos, os nazistas e os soviéticos, que dominaram a região do século XIII ao XX. Não à toa, o maior símbolo letão é o Monumento da Liberdade, que presta homenagem justamente aos que lutaram pela independência e soberania do país. Mas quem disse que todas essas sucessivas dominações abalaram os letões? Basta andar pela capital, Riga, para ver um centro histórico riquíssimo, que conseguiu florescer, apesar de tudo. Igrejas, templos, museus, ruazinhas simpáticas e casas encantam os turistas, que parecem ter voltado aos tempos medievais com essa cidade que é inclusive tombada pela UNESCO. Mesmo no século XXI, com toda a modernidade, Riga e toda a Letônia continuam sendo quem são, sendo um verdadeiro ímã para os amantes de História.

Assim, não importa: a Letônia pode até ser desconhecida e um tanto escondida na Europa, mas motivos não faltam para você se aventurar por essa região tão linda e única. Exemplo de força e persistência no Velho Continente e no mundo, trata-se de um país que transborda cultura e que tem em seu povo e em seus costumes seu maior tesouro.


Aeroporto: Aeroporto Internacional de Riga (RIX)

Capital: Riga

Moeda: Euro

Idioma: Letão

Visto: Não é necessário

Vacinas: Nenhuma vacina é obrigatória

Código do telefone: 371

Eletricidade: 220V

Fuso horário: 5 horas a mais que o horário de Brasília

Melhor época para visitar: Entre maio e setembro

Monumento da Liberdade de Riga

O belíssimo monumento é o grande símbolo da Letônia, tal como o é o Obelisco de Buenos Aires para a Argentina e a Torre Eiffel para a França. Ele presta uma homenagem aos soldados mortos durante a Guerra Letã de Independência, que aconteceu entre 1918 e 1920 e libertou a Letônia da Rússia. Inaugurado em 1935, o monumento é marcado no topo pela figura da Liberdade erguendo três estrelas douradas. Realmente, é um lugar imperdível para se tirar fotos!

Igreja de São Pedro

Essa igreja luterana, dedicada a São Pedro, é uma belíssima obra religiosa da Letônia. Ela, no entanto, passou por inúmeras fases de construção para chegar à aparência atual: primeiro, ela foi inaugurada em 1209, depois ela foi reconstruída no século XV e, finalmente, ela foi reconstruída no século XVII. Até a II Guerra Mundial, ela era o edifício mais alto da Europa e, por isso, do alto de sua torre de 70 metros, dá para se ter um panorama de Riga a 360°.

Igreja da Natividade de Cristo

Outro templo religioso marcante da Letônia é essa igreja ortodoxa, construída entre 1876 e 1883, quando a Letônia ainda pertencia ao Império Russo. Trata-se da maior igreja ortodoxa nos Países Bálticos, sendo marcada por sua opulência e pela riquíssima arquitetura tanto por fora quanto por dentro. O destaque vai para o seu majestoso iconostásio, isto é, a parede que separa a nave do santuário, já que ali há lindos ícones em referência a Cristo e a inúmeros santos.

Castelo de Turaida

Esse castelo é um dos mais belos exemplares da arquitetura trecentista, afinal ele foi construído pelo Arquebispo de Riga para sediar a ordem dos Irmãos Livônios da Espada, uma ordem militar que teria durado até a década de 1230. Feito de tijolos vermelhos, bem ao estilo nórdico, esse magnífico castelo ficou abandonado de 1776 até 1976, quando ele foi parcialmente reconstruído e se tornou um importante ponto turístico da Letônia. Dali dá para contemplar a deslumbrante paisagem natural do vale Gauja Gauja.

Museu Letão de Arte Estrangeira

Se você gosta de arte, você não pode deixar de conhecer esse belíssimo museu, estabelecido em 1920 e dedicado à exposição de esculturas, quadros, pinturas e artefatos artísticos de 5000 antes de Cristo aos tempos atuais. Em sua coleção permanente, há obras-primas de grandes artistas e pintores do mundo todo, como o flamengo Anthony van Dyck, o francês Claude Monet e o italiano Antonio Canova.

Rozengrals
Restaurante medieval, com amplo cardápio como sopas, carnes e até pratos vegetarianos.

Riga Black Magic
Com chocolates e um licor que possui 24 tipos de ervas.

III Draakon
Restaurante medieval, serve sopas, vinhos entre outros pratos.

Lido
Fica situado em um Shopping, na área central, comida russa, europea...

F-hoone
Bar, Pub, restaurante de culinária internacional e europea.

Kohver
Café, chá, bolos e doces, maravilhosos.

Vapiano
Comida Italiana feita na hora e na sua frente.

The Armoury Bar
Bem localizado, equipe simpática e ambiente elegante.

Cartel Bar Riga
Ótimos drinks, ambiente alegre e animado.

La Rocca Night Club
Casa noturna maravilhosa e com gente bonita

Krogs Aptieka
Bar com um ambiente agradável.

Nice Place Mansards
Café ambiente tranquilo para conversar e conhecer pessoas.

Kalku Varti
Bar perfeito para dançar.

Mais detalhes sobre o destino

Moeda oficial Euro

Língua oficial Letão

Pacotes para Letônia

Atendimento Personalizado

Quer realizar a viagem de sua vida? Preencha o formulário abaixo e tire todas suas dúvidas com um de nossos consultores!