Viagem para Eslováquia

Em várias histórias, algumas figuras principais como o rei, a rainha, o príncipe e a princesa moram em gigantes castelos. Alguns países te faz sentir essa pureza de detalhes, como a Eslováquia.

Conheça

Que país delicioso! Assim pode-se resumir a sensação que você provavelmente há de ter na Eslováquia, uma nação pequeninha localizada na Europa oriental, entre a Áustria, a Ucrânia, a República Tcheca, a Hungria e a Polônia. Seu tamanho, de pouco mais de 49 mil quilômetros quadrados de área, pouco mais que o estado brasileiro do Espírito Santo sozinho, até pode passar despercebido no mapa da Europa, mas, quando você for planejar sua viagem para os tesouros secretos do Velho Continente, esse é um lugar que não pode ser desprezado nem mesmo ignorado.

Fruto da dissolução da antiga Tchecoslováquia, um Estado que existiu de 1918 a 1993 e que foi dividido entre a atual Eslováquia e a República Tcheca, esse país encanta por seus castelos, suas cidadezinhas medievais, seu estilo de vida alegre e simples e sua culinária deliciosa, onde imperam as cervejas e os temperos do leste europeu. Fazer uma viagem para a Eslováquia é se encantar com um local pulsante e dinâmico, que tem uma rica História e está constantemente se reinventando. Bratislava, a maior cidade e a capital eslovaca, é um exemplo disso: ela conseguiu preservar seu legado medieval, como o majestoso castelo em frente ao Danúbio e as agradáveis ladeiras e ruazinhas do centro histórico, ao mesmo tempo em que tem shopping-centers moderníssimos, arranha-céus, grandes complexos arquitetônicos e pontes contemporâneas fantásticas. Já no interior, a vida campestre é quem dá o tom, sendo o cenário perfeito para quem gosta de esportes, já que as montanhas, os bosques e as planícies eslovacas oferecem um mix equilibrado de aventura e adrenalina, com trilhas para caminhada e picos para rapel e escalada.

Sendo assim, pode até parecer que é só um país entre tantos na povoada e populosa Europa. Mas não, a Eslováquia tem seu charme e merece ser conferida de perto. Não importa o motivo, afinal um pacote para a Eslováquia pode contemplar de tudo, atraindo jovens, pessoas mais velhas, casais, crianças e qualquer outro turista que queira conhecer um pouco mais dos encantos da Europa oriental.


Aeroporto: Aeroporto Internacional de Bratislava (BTS).

Capital: Bratislava.

Moeda: Euro.

Idioma: Eslovaco.

Visto: Não é necessário.

Vacinas: Nenhuma vacina é obrigatória.

Código do telefone: 421.

Eletricidade: 220V.

Fuso horário: 4 horas a mais que o horário de Brasília.

Melhor época para visitar: Entre maio e setembro.

Castelo de Devín

Localizado no bairro homônimo de Bratislava, a capital eslovaca, esse castelo é um dos mais antigos de todo o país. As primeiras menções ao castelo remontam de 864, quando o rei franco Luís, o Germânico e Ratislau, monarca da Grande Morávia, se enfrentaram. Ao longo dos séculos, o castelo foi sendo expandido, até ser destruído pelas tropas napoleônicas em 1809. Hoje, as ruínas de Devín são um importante ponto turístico eslovaco, erguendo-se imponente com suas torres e muros de pedra medievais.

Castelo de Spiš

As ruínas desse outro castelo formam um complexo de nada menos que 41.426 metros quadrados de área, o que o torna um dos maiores de toda a Europa e do mundo. Construído no século XII para ser o centro político, econômico, administrativo e cultural do condado húngaro de Szepes (em eslovaco, Spiš), ele é marcado por sua arquitetura romanesca, com lindos e majestosos detalhes góticos. Suas torres e suas muralhas exemplificam isso, sendo um dos cartões-postais mais emblemáticos do país e de toda a Europa oriental.

Castelo de Bratislava

Do alto de uma colina localizada bem em frente ao Danúbio, se impõe o grande símbolo de Bratislava, a capital e maior cidade da Eslováquia. O castelo de Bratislava, que começou como uma pequena estrutura de pedra no século X e funcionou como um palácio do Reino da Hungria até ficar em ruínas em 1811, foi reconstruído e hoje é a sede da presidência eslovaca. Suas paredes brancas e seus telhados vermelhos, aliados a um interior ricamente decorado e a pórticos imponentes, fazem dele um local de conto de fadas que vale a visita de qualquer turista.

Centro histórico de Bardejov

Outro local histórico da Eslováquia é o centro de Bardejov, construído durante os tempos medievais e praticamente intacto até os tempos atuais. Suas praças agradabilíssimas e bucólicas (com destaque para a Praça da Prefeitura, a Radni?né námestie), seus prédios em estilo gótico, suas igrejas suntuosas, suas repartições públicas e suas ruazinhas, estreitas e apertadas, valem a visita, rendendo muitos cliques e mostrando aos visitantes como era a vida na Eslováquia há séculos atrás.

Catedral de Santa Elisabeth

A maior igreja da Eslováquia, datada de 1230, fica na cidade de Košice, no leste do país. De arquitetura gótica, ela surpreende por sua beleza e por seu encantamento logo na fachada, ricamente ornamentada com estátuas, afrescos, torres, gárgulas e formosas colunas, tornando-a uma das mais lindíssimas igrejas da Europa oriental. Por dentro, destacam-se o órgão, a nave central e os vitrais, de saltar aos olhos de tão luxuosos e opulentos.

Bratislavsky Mestiansky pivovar

Se você quer provar a culinária eslovaca típica, o lugar perfeito é esse restaurante de Bratislava, localizado no hotel Ibis. Com uma decoração agradável e tradicional, com direito a uma fachada clássica e a um piso todo enfeitado, o restaurante serve desde goulash (uma espécie de carne cozida com vários temperos e especiarias) até filés com batatas e costelas de porco assadas. Para acompanhar, peça uma das magníficas cervejas eslovacas artesanais, de qualidade ímpar e muito saborosas.

Bratislava Flagship Restaurant

Esse restaurante é outro lugar ideal para quem quer experimentar a autêntica culinária eslovaca. Ele fica num antigo teatro de Bratislava, por isso prepare-se para encontrar salões de madeira classudos e muitas estátuas espalhadas pelo seu interior. Dentre os destaques do cardápio, não pense duas vezes e peça o halusky, uma espécie de gnocchi feita de queijo de cabra e polvilhada com muito bacon. Simplesmente uma delícia, ainda mais se acompanhado de uma das fantásticas cervejas artesanais do cardápio.

Modrá Hviezda

Se você curte halusky, então, outro restaurante de culinária típica eslovaca é o Modrá Hviezda, que fica na ladeira que sai do Castelo de Bratislava. Meio escondidinho, ele lembra uma taberna medieval, com direito a paredes de pedra rústicas e a muitos objetos antigos pendurados. Além do gnocchi eslovaco, o restaurante também serve outras formosuras, como a carne de cordeiro com cogumelos – fantástica, servida bem suculenta e tenra à mesa.

FABRIKA The Beer Pub

Localizado no Hotel LOFT, também em Bratislava, esse pub é para quem quer sair um pouco do óbvio ao longo de sua viagem e quer uma comida menos típica. Afinal, ali há ótimos hambúrgueres para você devorar, feitos com o máximo de qualidade e acompanhados de sequinhas batatas fritas. Nada de fast-food, pois ali só entram ingredientes frescos e de altíssimo padrão na confecção dos lanches. De decoração jovem e moderninha, ele também serve excepcionais cervejas e tem um farto buffet de café da manhã, com doces, pães, frios e queijos.

Mad Malina

Em sua passagem por Košice, não deixe de experimentar o Mad Malina, um dos melhores restaurantes da Eslováquia. A decoração já atrai logo na entrada, com suas mesinhas na calçada, sua parede de tijolos e seu clima bucólico, de casa de mãe. E, de fato, a comida tem um gosto maternal, sendo feita com muito carinho para quem deseja experimentar um pouco dos muitos sabores do leste europeu. Que tal, por exemplo, o schnitzel de frango, em que a carne da ave é empanada e frita? Ou então o pato recheado com repolho e macadâmias? Não importa a escolha: você terá uma refeição calorosa e agradável no Mad Malina e ainda inesquecível!

Fuga

Esse clube alternativo é um dos pontos altos da vida noturna na Eslováquia. Afinal, é ali que você poderá curtir o melhor da música independente eslovaca e mundial, ouvindo bandas, artistas e cantores que você não encontraria em outro lugar. Há, por exemplo, apresentações de death metal, música folclórica, pop, jazz e blues, feitas por pessoas talentosas do circuito artístico underground. E o melhor de tudo: a cerveja é baratíssima, custando 1 euro o pint!

Nu Spirit Bar

Outro bar fantástico de Bratislava é o Nu Spirit Bar, que se destaca por oferecer uma completa carta de cervejas e coquetéis num ambiente que mistura boa música e muita animação. Moderninho, ao mesmo tempo em que preserva as paredes medievais de pedra, o Nu Spirit Bar nem tem DJ para fazer as pessoas dançarem e se divertirem: os hits, a maioria europeia, são reproduzidos em vitrolas, deixando o clima muito saudosista e engraçado. Dentre as opções para bebericar, não dispense a Zlatý Bažant, a cerveja-símbolo da Eslováquia.

Amundsen Ice Bar

Que ice bar divertidíssimo! Muitos, quando pensam num bar abaixo de 0°C, logo imaginam que é caro e que a visita só vale pelo ambiente congelado. Mas, nesse caso, tudo é muito barato! A entrada custa apenas 5 euros, os drinks não alcoólicos custam 2 e as bebidas alcoólicas saem por nada mais que 3 euros. A equipe ainda é atenciosa e oferece chapéus, casacos, luvas e gorros para você enfrentar as temperaturas baixíssimas do local. Chame os amigos, beba um dos deliciosos coquetéis e divirta-se no salão “ártico” desse bar, que até tem estátuas de gelo!

Smelly Cat

A decoração interna é simplesmente uma graça: quadros pendurados na parede, uma foto do Central Park no salão, sofás antiguinhos, mesas na calçada, um bar todo de tijolinhos... não é à toa que esse local de Košice é um dos preferidos e um dos melhores da vida noturna na Eslováquia. Ali bebidas fantásticas e música ao vivo embalam gerações de moradores locais e turistas, que não querem dormir cedo e desejam aproveitar ao máximo o clima agradável da cidade.

Vino Fiala

Na cidade de Modra, quem costuma dar a cara na vida noturna local é essa enoteca, especializada em vinhos de altíssima qualidade dos quatro cantos do mundo. Mais do que isso, ela produz seus próprios vinhos, tendo até tours para as vinícolas para você conhecer o processo de produção e tirar dúvidas a respeito dessa bebida milenar. Se você só está afim de experimentar uma taça ou outra, sente-se no agradável salão e converse com o dono, Martin, que sugerirá rótulos e ainda poderá oferecer algum petisco para você forrar o estômago.

Mais detalhes sobre o destino

Moeda oficial Euro

Língua oficial Eslovaco

Pacotes para Eslováquia

Atendimento Personalizado

Quer realizar a viagem de sua vida? Preencha o formulário abaixo e tire todas suas dúvidas com um de nossos consultores!