Viagem para República Tcheca

Quando pensamos em conhecer outras nações, surgem nomes como França, Inglaterra, Itália. Contudo, um dos lugares que mais crescem em visitações no velho continente é a República Tcheca.

Conheça

A República Tcheca é um paraíso para todos amantes de jardins e parques.

República Tcheca é um dos mais jovens Estados da Europa. Nos anos seguintes à segunda guerra Mundial, a grande maioria dos visitantes estrangeiros limitava-se a conhecer sua capital, Praga. Hoje os bem preservados castelos e cidades medievais do país atraem um número cada vez maior de turistas.

A República Tcheca divide-se em duas regiões, Boêmia e Morávia. Planícies onduladas e montanhas cobertas de pinheiros, pontilhadas por castelo medievais e balneários do século XIX, marcam a paisagem do sudeste e oeste da Boêmia. Apesar do recente afluxo de turistas, a vida na região preserva um ritmo tranquilo e suave.

No entanto, boa parte do nordeste da Boêmia é dominada por indústria pesadas, como a de mineração, o que trouxe efeitos devastadores ao meio ambiente.

 


Aeroporto: Aeroporto Internacional de Václav Havel Praga (PRG)   

Capital: Praga

Moeda: Euro

Idioma: Alemão

Visto: Brasileiros não necessitam de visto, no entanto é preciso fazer seguro de viagem com cobertura de 30 mil Euros.

Vacinas: Nenhuma vacina é obrigatória

Código do telefone: 420

Eletricidade : 230V 

Fuso horário: +5 horas. 

Melhor época para visitar: Evite final de Outubro e começo de abril, muitos lugares fecham nessa época. A cidade fica bastante cheia em junho e na Pascóa, a sensação nessa época e de um clima bastante festivo, o que se torna uma ótima opção.  

Convento de São Jorge: O primeiro convento da Boêmia foi fundado em 974 pelo príncipe Boleslau II.

Prefeitura da Cidade Velha: Localizada a sudoeste da Praça da Cidade Velha, a prefeitura é um dos edifícios mais impactantes de Praga.

Teatro Municipal: O teatro Nacional foi um importante símbolo do renascimento cultural tcheco. Sua construção começou em 1868, seguindo projeto original neorrenascentistado arquiteto Josef Zítek.

Rua a Rua Castelo de Praga: A história de Praga confunde-se com a do Castelo, fundado pelo príncipe Borivoj no século IX. Apesar dos incêndios e invasões sofridos ao longo do tempo, o castelo conservou igrejas, capelas e torres de cada período: do esplendor da época gótica da Catedral de São Vito às modificações renascentistas feitas por Rodolfo II, o último dos Habsburgos a morar aqui. O pátio data de 1753-75, época em que o conjunto foi reconstruído nos estilos baarroco tardio e neoclássico. Em 1918, o castelo tornou-se sede do governo da Tchecoslováquia e até hoje o presidente da Republica Tcheca possui um gabinete no local.

 

Mais detalhes sobre o destino

Moeda oficial Euro

Língua oficial Alemão

Pacotes para República Tcheca

Atendimento Personalizado

Quer realizar a viagem de sua vida? Preencha o formulário abaixo e tire todas suas dúvidas com um de nossos consultores!